Líder do Grupo A, seleção brasileira chega a Bulgária para mais três jogos

Publicado em: 06/06/2017 16:33

De Varna, na Bulgária, Clarissa Laurence – 06.06.2017

A seleção brasileira masculina de vôlei chegou a Varna, na Bulgária, nesta terça-feira (06.06), depois de encerrar a primeira etapa da Liga Mundial, em Pesaro, na Itália, na primeira colocação do Grupo A. Nos primeiros jogos, a equipe dirigida pelo técnico Renan Dal Zotto conseguiu duas vitórias, sobre Irã e Itália, e sofreu um resultado negativo por 3 sets a 2 para a Polônia, e, nesta segunda semana, enfrentará Canadá, Polônia e Bulgária.

O Brasil é o maior vencedor da Liga Mundial, com nove títulos (1993, 2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009, 2010). A seleção brasileira busca o decacampeonato em casa, já que a Fase Final será realizada em Curitiba (PR), em um grande evento no Estádio Atlético Paranaense. Por ser sede, o país está automaticamente classificado. Os ingressos estão à venda no site da equipe: http://www.ingressoscap.com.br/.

A equipe verde e amarela lidera o seu grupo com 7 dos 9 pontos que poderia conquistar – perdeu pontos apenas no resultado negativo da estreia. A Polônia, segunda colocada, somou 5, enquanto Itália e Irã apenas 1. O oposto Evandro foi um dos principais destaques do Brasil, terminando a primeira semana como maior pontuador, com o total de 68 acertos (63 de ataque, um de bloqueio e quatro de saque).

O bom momento é comemorado pelo jogador. “Fizemos bons jogos na primeira semana. Queríamos começar vencendo os três até para passar uma tranquilidade maior ao Renan, mas, mesmo no resultado negativo fizemos uma boa partida. Conseguimos colocar o que vínhamos treinando em prática e isso ajudou muito. Fiquei muito feliz com a confiança do Bruno em mim e espero que essa fase continue por muito tempo para eu poder aproveitar e ajudar muito a seleção brasileira”, disse Evandro.

Outros jogadores se destacaram nas estatísticas da primeira etapa. O ponteiro Maurício Borges é o segundo melhor no ataque, com 57.41% de sucesso, com Evandro logo atrás (57.27%). Bruninho é o terceiro melhor levantador, o ponteiro Lucarelli aparece como melhor jogador na defesa e Maurício Borges volta a aparecer bem, liderando as estatísticas de recepção, com 64.41% de aproveitamento.

Apesar de garantido nas finais, o técnico brasileiro tem objetivos traçados para a fase classificatória da Liga Mundial. Renan Dal Zotto quer ver evolução da equipe depois de ter tido apenas duas semanas de treinamento antes da viagem para a primeira etapa da competição. Os três primeiros jogos já agradaram, mas o comandante destaca que é preciso mais.

“Essa semana, assim como a anterior, será de jogos extremamente competitivos. Não existe jogo fácil na Liga Mundial. São todos adversários muito difíceis e, neste primeiro ano de um novo ciclo olímpico existe um componente que dificulta ainda mais que são as alterações nas equipes. Com isso, temos menos material de estudo”, destacou Renan Dal Zotto.

O treinador da seleção brasileira está satisfeito com o resultado dos trabalhos realizados até agora para que a equipe chegue ainda mais preparada para esta segunda semana da Liga Mundial. “Os trabalhos estão sendo muito bons, os treinos estão rendendo, os jogadores correspondendo e tudo isso, sem dúvida, vem nos agradando”, afirmou Renan Dal Zotto.

A seleção brasileira terá, ainda, a terceira etapa fora de casa antes de chegar ao Brasil. A Os jogos seguintes serão em Cordoba, na Argentina, onde o time verde e amarelo terá pela frente a Bulgária, Argentina e Sérvia, nos dias 16, 17 e 18.

LIGA MUNDIAL

Primeira etapa

SEXTA-FEIRA (02.06) – Brasil 2 x 3 Polônia, às 12h, na Adriatic Arena, em Pesaro, na Itália (20/25, 25/20, 25/19, 22/25 e 8/15)

SÁBADO (03.06) – Brasil 3 x 1 Irã, às 12h, na Adriatic Arena, em Pesaro, na Itália (21/25, 25/19, 25/22 e 25/22)

DOMINGO (04.06) – Brasil x Itália, às 9h, na Adriatic Arena, em Pesaro, na Itália (25/15, 17/25, 25/23 e 25/22)

Segunda etapa

SEXTA-FEIRA (09.06) – Canadá x Brasil, às 10h10

SÁBADO (10.06) – Brasil x Polônia, às 10h40

DOMINGO (11.06) – Brasil x Bulgária, às 14h40

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro


Parceiros Oficiais