Brasil busca vitória no reencontro com a Bulgária

Publicado em: 15/06/2017 18:16

Depois de encerrar a segunda semana da Liga Mundial com um resultado negativo para a Bulgária, a seleção brasileira masculina de vôlei irá abrir a terceira semana justamente contra os búlgaros. A equipe dirigida pelo técnico Renan Dal Zotto irá à quadra nesta sexta-feira (16.06), às 18h10, no ginásio Orfeo Superdomo, em Córdoba, na Argentina, com transmissão ao vivo dos canais SporTV.

O técnico do Brasil, Renan Dal Zotto, faz questão de destacar que não há clima de rivalidade. O objetivo, neste momento, é buscar o desenvolvimento da equipe, especialmente após a chegada dos experientes Raphael, Wallace e Lipe. “Estamos muito contentes de ver nossa equipe completa pela primeira vez nessa Superliga. Temos certeza que será uma semana muito equilibrada, com quatro grandes equipes”, afirmou Dal Zotto, que complementou.

“Nós jogamos as duas primeiras etapas na Europa, fizemos bons jogos e tenho certeza que agora a tendência é melhorar cada vez mais o desempenho da nossa seleção. É sempre um momento muito importante poder jogar na América do Sul, principalmente porque sabemos que o voleibol é muito importante tanto no Brasil, como na Argentina”, disse Renan Dal Zotto.

Depois de jogar com a principal força da seleção búlgara, o oposto Sokolov, durante quatro anos na Itália, o levantador Raphael sabe da qualidade do adversário desta sexta-feira.

“A Bulgária tem um time muito competitivo, forte, que tem uma boa mescla de jogadores experientes com alguns jovens que estão querendo buscar seu espaço no cenário do voleibol mundial. Eles têm uma força muito grande, que é o Sokolov, que eu conheço muito bem particularmente, e o time se apoia muito na força dele”, opinou Raphael.

Mas, o levantador destaque que a preocupação tem que ser com todo o time. “É ele quem desafoga o time nos momentos difíceis, mas todo o grupo é forte. Além disso, é uma seleção que está crescendo muito ao longo da competição”, disse o levantador brasileiro, que integrou o grupo nesta semana, mas que acompanhou todos os outros seis jogos já realizados pelo Brasil.

A seleção brasileira chega para a terceira semana da Liga Mundial com quatro vitórias e dois resultados negativos. Um deles na estreia, por 3 sets a 2, diante da Polônia, atual campeã mundial, e outro para a Bulgária, na última partida disputada. As vitórias foram sobre Irã, Itália, Canadá e Polônia – todas por 3 sets a 1.

Na Argentina, a equipe brasileira faz os últimos jogos antes de atuar em casa, já que a Fase Final da Liga Mundial será disputada em Curitiba (PR), no Estádio Atlético Paranaense. Os ingressos para todas as partidas estão à venda em http://www.ingressoscap.com.br/.

LIGA MUNDIAL

Primeira etapa

SEXTA-FEIRA (02.06) – Brasil 2 x 3 Polônia, às 12h, na Adriatic Arena, em Pesaro, na Itália (20/25, 25/20, 25/19, 22/25 e 8/15)

SÁBADO (03.06) – Brasil 3 x 1 Irã, às 12h, na Adriatic Arena, em Pesaro, na Itália (21/25, 25/19, 25/22 e 25/22)

DOMINGO (04.06) – Brasil 3 x 1 Itália, às 9h, na Adriatic Arena, em Pesaro, na Itália (25/15, 17/25, 25/23 e 25/22)

Segunda etapa

SEXTA-FEIRA (09.06) – Brasil 3 x 1 Canadá, às 10h10, no Palace of Culture and Sports, em Varna, na Bulgária (23/25, 25/20, 25/22 e 25/23)

SÁBADO (10.06) – Brasil 3 x 1 Polônia, às 10h40, no Palace of Culture and Sports, em Varna, na Bulgária (25/21, 25/20, 17/25 e 25/19)

DOMINGO (11.06) – Brasil 1 x 3 Bulgária, às 14h40, no Palace of Culture and Sports, em Varna, na Bulgária (22/25, 19/25, 25/23 e 19/25)

Terceira etapa

SEXTA-FEIRA (16.06) – Brasil x Bulgária, às 18h10, no Orfeo Superdomo, em Córdoba, na Argentina

SÁBADO (17.06) – Brasil x Argentina, às 19h10, no Orfeo Superdomo, em Córdoba, na Argentina

DOMINGO (18.06) – Brasil x Sérvia, às 16h10, no Orfeo Superdomo, em Córdoba, na Argentina

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro

Depois de encerrar a segunda semana da Liga Mundial com um resultado negativo para a Bulgária, a seleção brasileira masculina de vôlei irá abrir a terceira semana justamente contra os búlgaros. A equipe dirigida pelo técnico Renan Dal Zotto irá à quadra nesta sexta-feira (16.06), às 18h10, no ginásio Orfeo Superdomo, em Córdoba, na Argentina, com transmissão ao vivo dos canais SporTV.

O técnico do Brasil, Renan Dal Zotto, faz questão de destacar que não há clima de rivalidade. O objetivo, neste momento, é buscar o desenvolvimento da equipe, especialmente após a chegada dos experientes Raphael, Wallace e Lipe. “Estamos muito contentes de ver nossa equipe completa pela primeira vez nessa Superliga. Temos certeza que será uma semana muito equilibrada, com quatro grandes equipes”, afirmou Dal Zotto, que complementou.

“Nós jogamos as duas primeiras etapas na Europa, fizemos bons jogos e tenho certeza que agora a tendência é melhorar cada vez mais o desempenho da nossa seleção. É sempre um momento muito importante poder jogar na América do Sul, principalmente porque sabemos que o voleibol é muito importante tanto no Brasil, como na Argentina”, disse Renan Dal Zotto.

Depois de jogar com a principal força da seleção búlgara, o oposto Sokolov, durante quatro anos na Itália, o levantador Raphael sabe da qualidade do adversário desta sexta-feira.

“A Bulgária tem um time muito competitivo, forte, que tem uma boa mescla de jogadores experientes com alguns jovens que estão querendo buscar seu espaço no cenário do voleibol mundial. Eles têm uma força muito grande, que é o Sokolov, que eu conheço muito bem particularmente, e o time se apoia muito na força dele”, opinou Raphael.

Mas, o levantador destaque que a preocupação tem que ser com todo o time. “É ele quem desafoga o time nos momentos difíceis, mas todo o grupo é forte. Além disso, é uma seleção que está crescendo muito ao longo da competição”, disse o levantador brasileiro, que integrou o grupo nesta semana, mas que acompanhou todos os outros seis jogos já realizados pelo Brasil.

A seleção brasileira chega para a terceira semana da Liga Mundial com quatro vitórias e dois resultados negativos. Um deles na estreia, por 3 sets a 2, diante da Polônia, atual campeã mundial, e outro para a Bulgária, na última partida disputada. As vitórias foram sobre Irã, Itália, Canadá e Polônia – todas por 3 sets a 1.

Na Argentina, a equipe brasileira faz os últimos jogos antes de atuar em casa, já que a Fase Final da Liga Mundial será disputada em Curitiba (PR), no Estádio Atlético Paranaense. Os ingressos para todas as partidas estão à venda em http://www.ingressoscap.com.br/.

LIGA MUNDIAL

Primeira etapa

SEXTA-FEIRA (02.06) – Brasil 2 x 3 Polônia, às 12h, na Adriatic Arena, em Pesaro, na Itália (20/25, 25/20, 25/19, 22/25 e 8/15)

SÁBADO (03.06) – Brasil 3 x 1 Irã, às 12h, na Adriatic Arena, em Pesaro, na Itália (21/25, 25/19, 25/22 e 25/22)

DOMINGO (04.06) – Brasil 3 x 1 Itália, às 9h, na Adriatic Arena, em Pesaro, na Itália (25/15, 17/25, 25/23 e 25/22)

Segunda etapa

SEXTA-FEIRA (09.06) – Brasil 3 x 1 Canadá, às 10h10, no Palace of Culture and Sports, em Varna, na Bulgária (23/25, 25/20, 25/22 e 25/23)

SÁBADO (10.06) – Brasil 3 x 1 Polônia, às 10h40, no Palace of Culture and Sports, em Varna, na Bulgária (25/21, 25/20, 17/25 e 25/19)

DOMINGO (11.06) – Brasil 1 x 3 Bulgária, às 14h40, no Palace of Culture and Sports, em Varna, na Bulgária (22/25, 19/25, 25/23 e 19/25)

Terceira etapa

SEXTA-FEIRA (16.06) – Brasil x Bulgária, às 18h10, no Orfeo Superdomo, em Córdoba, na Argentina

SÁBADO (17.06) – Brasil x Argentina, às 19h10, no Orfeo Superdomo, em Córdoba, na Argentina

DOMINGO (18.06) – Brasil x Sérvia, às 16h10, no Orfeo Superdomo, em Córdoba, na Argentina

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro

Depois de encerrar a segunda semana da Liga Mundial com um resultado negativo para a Bulgária, a seleção brasileira masculina de vôlei irá abrir a terceira semana justamente contra os búlgaros. A equipe dirigida pelo técnico Renan Dal Zotto irá à quadra nesta sexta-feira (16.06), às 18h10, no ginásio Orfeo Superdomo, em Córdoba, na Argentina, com transmissão ao vivo dos canais SporTV.

O técnico do Brasil, Renan Dal Zotto, faz questão de destacar que não há clima de rivalidade. O objetivo, neste momento, é buscar o desenvolvimento da equipe, especialmente após a chegada dos experientes Raphael, Wallace e Lipe. “Estamos muito contentes de ver nossa equipe completa pela primeira vez nessa Superliga. Temos certeza que será uma semana muito equilibrada, com quatro grandes equipes”, afirmou Dal Zotto, que complementou.

“Nós jogamos as duas primeiras etapas na Europa, fizemos bons jogos e tenho certeza que agora a tendência é melhorar cada vez mais o desempenho da nossa seleção. É sempre um momento muito importante poder jogar na América do Sul, principalmente porque sabemos que o voleibol é muito importante tanto no Brasil, como na Argentina”, disse Renan Dal Zotto.

Depois de jogar com a principal força da seleção búlgara, o oposto Sokolov, durante quatro anos na Itália, o levantador Raphael sabe da qualidade do adversário desta sexta-feira.

“A Bulgária tem um time muito competitivo, forte, que tem uma boa mescla de jogadores experientes com alguns jovens que estão querendo buscar seu espaço no cenário do voleibol mundial. Eles têm uma força muito grande, que é o Sokolov, que eu conheço muito bem particularmente, e o time se apoia muito na força dele”, opinou Raphael.

Mas, o levantador destaque que a preocupação tem que ser com todo o time. “É ele quem desafoga o time nos momentos difíceis, mas todo o grupo é forte. Além disso, é uma seleção que está crescendo muito ao longo da competição”, disse o levantador brasileiro, que integrou o grupo nesta semana, mas que acompanhou todos os outros seis jogos já realizados pelo Brasil.

A seleção brasileira chega para a terceira semana da Liga Mundial com quatro vitórias e dois resultados negativos. Um deles na estreia, por 3 sets a 2, diante da Polônia, atual campeã mundial, e outro para a Bulgária, na última partida disputada. As vitórias foram sobre Irã, Itália, Canadá e Polônia – todas por 3 sets a 1.

Na Argentina, a equipe brasileira faz os últimos jogos antes de atuar em casa, já que a Fase Final da Liga Mundial será disputada em Curitiba (PR), no Estádio Atlético Paranaense. Os ingressos para todas as partidas estão à venda em http://www.ingressoscap.com.br/.

LIGA MUNDIAL

Primeira etapa

SEXTA-FEIRA (02.06) – Brasil 2 x 3 Polônia, às 12h, na Adriatic Arena, em Pesaro, na Itália (20/25, 25/20, 25/19, 22/25 e 8/15)

SÁBADO (03.06) – Brasil 3 x 1 Irã, às 12h, na Adriatic Arena, em Pesaro, na Itália (21/25, 25/19, 25/22 e 25/22)

DOMINGO (04.06) – Brasil 3 x 1 Itália, às 9h, na Adriatic Arena, em Pesaro, na Itália (25/15, 17/25, 25/23 e 25/22)

Segunda etapa

SEXTA-FEIRA (09.06) – Brasil 3 x 1 Canadá, às 10h10, no Palace of Culture and Sports, em Varna, na Bulgária (23/25, 25/20, 25/22 e 25/23)

SÁBADO (10.06) – Brasil 3 x 1 Polônia, às 10h40, no Palace of Culture and Sports, em Varna, na Bulgária (25/21, 25/20, 17/25 e 25/19)

DOMINGO (11.06) – Brasil 1 x 3 Bulgária, às 14h40, no Palace of Culture and Sports, em Varna, na Bulgária (22/25, 19/25, 25/23 e 19/25)

Terceira etapa

SEXTA-FEIRA (16.06) – Brasil x Bulgária, às 18h10, no Orfeo Superdomo, em Córdoba, na Argentina

SÁBADO (17.06) – Brasil x Argentina, às 19h10, no Orfeo Superdomo, em Córdoba, na Argentina

DOMINGO (18.06) – Brasil x Sérvia, às 16h10, no Orfeo Superdomo, em Córdoba, na Argentina

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro


Parceiros Oficiais