Evandro é mais um cortado da Fase Final da Liga Mundial por lesão

Publicado em: 23/06/2017 19:03

Uma trombose no ante-braço direito tirou o oposto da seleção brasileira, Evandro, da Fase Final da Liga Mundial. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (23.06) depois de um exame realizado no Rio de Janeiro (RJ). Sem poder contar com o atacante nos jogos decisivos, o técnico Renan Dal Zotto chamou Renan Buiatti de volta para estar ao lado de Wallace, o outro jogador da posição de oposto na fase que acontecerá de 4 a 8 de julho, no Estádio Atlético Paranaense, em Curitiba (PR).

O fisioterapeuta da seleção, Matheus Cardoso, acompanhou Evandro no exame e explicou melhor sobre o ocorrido. “O Evandro fez um trombo no ante-braço direito que obstruiu parte da artéria ulnar. Não é uma lesão grave, ele foi orientado a manter as atividades físicas, só que sem nenhum impacto na região onde está com a obstrução, tendo, assim, que ficar sem contato nenhum com bola”, disse Matheus.

Renan Dal Zotto, que já havia perdido o ponteiro Lipe ontem (22.06) por um estiramento na panturrilha, lamentou mais uma ausência nas importantes partidas que acontecerão na capital paranaense.

“É uma fatalidade que lamentamos muito. O Evandro faz uma falta incrível a qualquer equipe e, já na primeira etapa desta Liga Mundial, demonstrou ser um dos melhores opostos do mundo. Mas, vamos contar com o Renan Buiatti para essa Fase Final. Ele teve conosco nas três primeiras etapas, na Itália, na Bulgária e na Argentina, teve a oportunidade de jogar, e está totalmente ambientado e adaptado a seleção brasileira”, afirmou o técnico da seleção brasileira.

Evandro também falou sobre o corte. “Estou realmente triste de não estar com a seleção em jogos tão importantes como estes da Fase Final da Liga Mundial, em um ano pós-olímpico. Também fico muito chateado por não poder ajudar o Renan Dal Zotto nesse primeiro campeonato dele. Gosto muito do Renan como treinador e como pessoa e gostaria de estar ali para fazer o meu melhor. Não é nada grave, mas infelizmente nesse próximo mês não posso ter contato nenhum com bola”, concluiu Evandro.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro


Parceiros Oficiais